skip to Main Content

Pé diabético: descubra tudo sobre o assunto

Compartilhe!

O que é pé diabético?

Coisas que você precisa saber sobre pé diabético

Trata-se de um problema complexo que atinge pés e tornozelos de pessoas que sofrem com diabetes. Seus sintomas são: úlceras na região, infecções, problemas vasculares, trombose e até perda de sensibilidade, o que pode impedir a marcha e alguns movimentos.

Muitas vezes, o pé diabético não recebe a devida atenção – 50% dos portadores de diabetes não sabem da existência do problema, sendo ele a principal causa de internação.

E é preciso ficar atento: se não tratado, o pé diabético pode até levar à amputação do membro, sendo 85% das vezes por causa de úlceras na região, que não cicatrizam e infeccionam.

 

Principais sintomas do pé diabético

 Principais sintomas do pé diabético

Quem sofre com pé diabético, geralmente, sente um ou mais dos sintomas a seguir: formigamento, dores, queimação, fraqueza nas pernas, perda de sensibilidade e pontadas, além de feridas que não cicatrizam e inflamam.

 

Como prevenir pé diabético?

 Vitta unhas pode ajudar na prevenção de pés diabéticos

O Vitta Unhas previne quaisquer problemas em pés de diabéticos. O produto pode ser usado diariamente por diabéticos e tem a função de hidratar a pele, além de ser antisséptico, cicatrizante, antifúngico e antibacteriano.

Especialistas recomendam também que se faça a checagem diária da situação dos pés após o banho, para evitar o aparecimento de lesões:

Corte as unhas com cuidado para não se machucar, hidrate a superfície e seque bem a pele. Utilize o Vitta Unhas nessa hora. Tome cuidado também com sapatos apertados que podem causar hematomas e feridas.

Utilize um espelho para que a checagem seja feita por completo e faça-a sempre em um local bem iluminado.

Frieiras, calos e rachaduras precisam ser tratados também. Nesse caso, é muito importante utilizar Vitta Unhas. Lembre-se que Vitta Unhas previne micoses também!

Consulte um podólogo com frequência. Não se esqueça de avisar ao podólogo que você é diabético. Se desejar, em sua consulta com ele, leve seu Vitta Unhas para que o profissional o aplique com massagem;

Para não apertar e marcar a região, procure utilizar meias sem costura, de algodão ou lã, nunca de nylon. Dê preferência a meias de cor branca, para ser mais fácil identificar a existência de sangue ou pus.

Vale lembrar que as bebidas alcoólicas e o cigarro aumentam as chances de diabéticos sofrerem com pé diabético, pois podem causar problemas neurovasculares. Evite-os.

Por fim, mantenha sempre suas taxas de glicemia sob controle – e consulte um médico periodicamente.

 

Sofro com pé diabético, e agora?

 Prevenção de pés diabéticos

Uma vez diagnosticado o pé diabético, a pessoa precisa realizar exames clínicos periodicamente, para evitar que o problema progrida. Qualquer problema de pele ou ferida nos pés precisa ser examinado por um médico e tratado o mais rápido possível.

Hidratar a região continua sendo igualmente importante, para evitar que o pé diabético piore. Por isso, utilize Vitta Unhas diariamente.

COMPRE SEU VITTA UNHAS & PÉS E APROVEITE  A PROMOÇÃO!

Quer saber mais sobre pé diabético?

Confira o vídeo a seguir:

Fontes:  Hospital Albert EinsteinSociedade Brasileira de Diabetes;

Deixe uma resposta