skip to Main Content

Examine suas unhas sem esmalte

Compartilhe!

Examine suas unhas sem esmalte

Já abordamos anteriormente este assunto, mas sempre é bom ressaltar o quão é importante antes de ir à manicure, examinar suas unhas sem esmalte. Veja se há coloração ou qualquer outra imperfeição que lhe chame a atenção. Você pode não se preocupar com estes detalhes, mas um olhar mais profundo e treinado poderá lhe dar várias pistas sobre a sua saúde em geral.

“Os olhos são a janela da alma”, como se diz, a Dr . Tamara Lior, dermatologista da Clínica de Cleveland-Florida, relata que uma vez convenceu sua paciente a fazer exames dos seus pulmões ao perceber um tom azulado nas suas unhas (um sinal que ela não estava oxigenando corretamente seu organismo). E a paciente confirmou, após exames, que tinha fluido em seus pulmões.

Sinais de hepatite ou doenças coronarianas podem aparecer também nas unhas. Mudanças no formato da unha podem sinalizar infecções por fungos ou doença sistêmica, como lúpus ou anemia, diz Dr. Joshua Fox da Academia Americana de Dermatologia.

Unhas sem viço ou pálidas, podem indicar baixa contagem no  número de glóbulos vermelhos, consistentes com uma anemia.

Composição das unhas

Unha fina e frágil é normal em crianças. Já em adultos pode ser um indício de hipotireoidismo, enquanto que unha grossa em uma criança pode ser sinal de psoríase (veja matéria sobre psoríase em: http://www.sbd.org.br/doencas/psoriase/.)

Medicamentos também podem causar alterações nas unhas, tanto na cor quanto na textura e na adesão da placa.

Algumas causas de alterações ungueais:

  • Diminuição do tamanho da lâmina ungueal: algum trauma, infecções virais e bacterianas ou insuficiência vascular;
  • Lâmina ungueal espessada: psoríase, micro traumas, onicomicose ou em idosos, que costumam ter a unha mais espessa;
  • Unhas amarelas: idade avançada, onicomicose, psoríase, linfedema, medicamentos, penumopatias, e outras doenças de maior complexidade;
  • Coiloníquia (depressão central da lâmina ungueal com elevação das bordas, com um aspecto de colher): problemas cardiovasculares, anemia, hipotireoidismo, traumas, entre outras;
  • Linhas de Beau (depressões transversais da lâmina ungueal): traumas, dermatoses, doenças sistêmicas;
  • Coloração avermelhada da lúnula: insuficiência cardíaca;
  • Unhas secas e frágeis podem ser problemas hormonais.

Estes são apenas alguns exemplos de sinais contidos em unhas e que dizem total respeito á sua saúde. Portanto, é muito importante que você examine suas unhas sem esmalte e verifique se há mudanças como forma, cor, viço ou qualquer outra anormalidade.

O segundo passo é a visita ao podólogo, que ao constatar alguma anomalia, lhe indicará a visita á um dermatologista ou clínico geral.

No caso de unhas frágeis, unhas finais, unhas fracas, micoses ou onicomicoses, indicamos o Vitta Unhas & Pés®, que cuidará também do seu calcanhar deixando-o lisinho.

Vitta Unhas

Tire mais dúvidas através do vídeo abaixo:

 

Fontes:
https://www.aad.org/
www.webmd.com
http://www.medicinanet.com.br/m/conteudos/revisoes/1431/doenca_das_unhas.htm
This Post Has One Comment

Deixe uma resposta